Problemas renais costumam ser uma das causas frequentes; saiba o que fazer para diagnosticar e se prevenir;

Tem sido comum em consultório o questionamento sobre a formação de espuma na urina. A presença de espuma no vaso sanitário pode ser decorrência do próprio turbilhonamento do jato de urina com a água, bem como a presença de produtos de limpeza. No entanto, a urina espumosa também pode indicar problemas renais.

Normalmente perdemos uma pequena quantidade de proteínas na urina, chamada proteinúria (150 mg/dia) e se essa perda aumentar pode ocorrer a formação de espuma. Proteínas quando agitadas, se desnaturam e formam espuma (clara em neve é um exemplo).

O ideal é que se faça um exame EAS para identificar a presença ou não, bem como o tipo de proteínas que se está perdendo. Um sinal importante de alerta é no caso de a urina espumosa ter se iniciado recentemente, seguida de inchaço em pés, mãos e abdômen.

Ao contrário do que alguns profissionais de saúde mal informados pensam, o uso de whey protein, albumina, etc. não leva à proteínúria. Várias desordens renais podem acarretar a perda de proteínas, como síndrome nefrótica, glomerulonefrite, nefropatia diabética e segue a dica primaz: mantenha a sua urina clara!

Comentários

comentários